A primeira confraria de vinhos do Brasil
fundada em 1980


Vinhos no Verão? Sim, por que não?

Por Agilson Gavioli

 Com o calor Senegalês que temos  tido  ultimamente em nossos verões,  beber vinhos  pode se tornar uma experiência tão prazerosa quanto no inverno.  Podemos nos dar ao desfrute de beber um vinho e ainda nos refrescarmos com ele no verão.

Como?

Simples assim, ponha gelo no vinho!!  

Mas como? Isso não é uma heresia com a bebida de Baco?

Não,  é apenas mais uma das inúmeras maneiras de bebermos um vinho.

 

É preciso antes sabermos que existem inúmeros tipos de vinhos, desde os espumantes adocicados, ligeiros e leves, passando pelos brancos, tintos e indo até  aos vinhos espirituosos e fortificados que são muito alcoólicos e potentes como os vinhos de Jerez  e Vinhos do Porto, os mais conhecidos. E independente do tipo, todos eles podem ser apreciados em companhia de outros ingredientes, onde podemos também  incluir o gelo, por que não? Os europeus, principalmente os da Península Ibérica, fazem uso disto desde há muito tempo, pois os verões deles também são  escaldantes  como os nossos e o costume de beber vinhos  está profundamente ligado à tradição de beber junto às refeições,  e com estas atitudes em relação ao vinho,  eles os bebem mesmo nos dias mais quentes fazendo uso destes recursos para deixá-los mais leves e  refrescantes. Uma das bebidas mais famosas nos verões espanhóis é a Sangria, que nada mais é do que adicionar água gasosa no vinho, seja ele branco ou tinto, acrescentar alguns pedaços de frutas frescas e principalmente as que tenham bastante acidez  para elevar a sensação de frescor da bebida e adicionar algumas pedras de gelos para refrescar.

Está pronta uma bebida deliciosa que podemos usar e abusar no verão. Simples assim!.

Além de refrescar o paladar, a bebida também pode refrescar o nosso bolso, pois com uma garrafa de vinho podemos servir pouco mais do dobro de pessoas que serviríamos com ela pura, o que não é nada mal, além de surpreender os seus convidados com bebidas pouco usuais entre nós. Precisamos aprender a usar a imaginação e beber mais vinhos, mesmo nos dias mais quentes do  verão. É preciso apenas ter um pouco de cuidado ao escolher os vinhos para fazermos uma Sangria, basta que seja de uva vinífera e isto é fácil saber  ao ler o rótulo do vinho. Encontrando a palavra “ VINHO FINO ” isto indica que o vinho é feito  de uvas viníferas  e não de uvas de mesa ou  americanas,  como os vinhos de mesa.

Se alguém  quiser fazer o preparo com um vinho caro de sua adega, nada impede isso. Fica a critério de cada um saber onde gastar o seu dinheiro. Outras bebidas e drinques podem ser preparados com diversos tipos de vinhos, cada um a seu modo e permitindo o consumo dos vinhos às refeições ou na praia, piscina e momentos de descontração durante o ano todo.

Outro preparo bastante comum em Portugal é o Portônica, o uso combinado de Vinho do Porto branco Seco, água tônica e gelo. Mesmo sendo bastante alcoólico, o vinho do porto pode ser utilizado no preparo de bebidas refrescantes, pois o álcool pode tanto aquecer no inverno quanto consumido em pequenas doses, como também ser  refrescante no verão, provocando sudorese, que nada mais é do que uma defesa do organismo para refrescar o corpo.

Em nosso país,  com o clima tendendo normalmente mais para quente do que frio, estas são maneiras muito próprias e adequadas para consumirmos vinhos sem frescura nem medo. Os nossos espumantes são muito bons e ainda não os consumimos cotidianamente como deveríamos, refrescantes e bem gelados, pois são bebidas perfeitas para o nosso calor. O paladar do brasileiro de maneira geral pende mais para o lado adocicado do que o seco, portanto vamos aproveitar os nossos deliciosos espumantes de Moscatel ou tipo Asti para nos refrescarmos também. A maioria de nós quando  vai à praia faz ou pensa o seguinte: chegar e pedir uma caipirinha. Bebida também refrescante por conta justamente do álcool, que irá causar sudorese e refrescar,  da acidez do limão que provoca salivação e devolve isso na forma de frescor e também o gelo que diminui a temperatura. Porque não fazermos isso com vinho ao invés de cachaça? Simples assim, substituir a bebida alcoólica por outra de teores mais baixos, diferente e sem sombra de dúvidas, saborosa. Sejamos  criativos, vamos aproveitar o calor e beber vinhos que do ponto de vista de saúde é bastante recomendado e também porque será muito mais charmoso, ah isso vai.  

A soda limonada ou a água tônica utilizada no preparo irá nos hidratar, diluir o teor de álcool e portanto nos refrescar.

Vejam abaixo uma receita de Sangria ( que pode ser personalizada o alterada à seu gosto) que fica deliciosa e também uma receita de um outro drink, bem apropriado para quem não tem o hábito de beber vinhos e prefere os vinhos mais adocicados. Solução perfeita para aproveitar o verão, beber vinhos e ainda por cima economizar.

SANGRIA de VINHO TINTO 

1-      1 Garrafa de vinho de sua preferência  de 750ml (fria, da adega);

2-      1 copo de suco de laranja coado;

3-      Uma maçã  sem casca e cortada em cubos ou pedaços não muito grandes (corte e coloque imediatamente na jarra com o suco de laranja e o açúcar, para não escurecer);

4-      4 rodelas de laranja com casca;

5-      1 pera cortada em  em cubos ou pedaços não muito grandes;

6-      2 fatias de abacaxi sem o miolo cortada em pedaços;

7-      Cerca de meio cacho de uva com os bagos cortados ao meio;

8-      Cerca de 10  morangos cortados em fatias;

9-      2 garrafas de soda limonada;

10-   Gelo picado à gosto;

11-   Uma colher de sopa de açúcar;

12-   1 dose de licor de laranja (Grand Marnier ou Cointreau , opcional).

 

OBS:  Para fazer a mesma receita com o vinho branco, substitua o suco de laranja por suco de 2 limões, para não ficar uma bebida turva.

 

 

Modo de preparo:

 

Corte as frutas e deixe macerar com um pouco de açúcar e o suco da  laranja  dentro de uma jarra que comporte todos os ingredientes. Mexa bem com o auxilio de uma colher.

Adicione o vinho, a soda limonada, o licor de laranja e  o gelo e misture tudo muito bem .

Deixe descansar por  5 minutos para o gelo diminuir um pouco a temperatura do preparo e pronto, pode servir.

 

Outro drinque refrescante  que podemos fazer desta vez com um vinho mais efervescente, com um tipo de espumante  é o seguinte:

 

ESPUMANTONICA

 

1-      1 garrafa de Espumante Moscatel ou tipo Asti gelada;

2-      2 garrafas de água tônica gelada;

3-      Rodelas de limão siciliano ou thaiti o quanto baste;

4-      Granadine, xarope de groselha, suco de manga à gosto (para dar cor) – opcional;

5-      Gelo a gosto.

 

Modo de preparo:

 

Este você prepara individualmente, copo por copo, pois é bastante efervescente e é aqui que reside a graça.

 

Disponha o gelo nos copos. Coloque uma ou duas rodelas de limão em cada copo e verta cuidadosamente o Espumante Moscatel até a metade do copo, espere para a espuma abaixar. Adicione lentamente  a água tônica até o volume desejado. Cuidado para não espumar muito, quanto mais gelada estiver tanto melhor.

Regue com um fio do xarope para dar cor e voilá! Está pronto mais um drinque delicioso para o verão.

 

Saúde!

PopUpNewsletterSBAVSP

Cadastre o seu e-mail para receber as notícias da SBAV-SP.

Por favor, assinale: