A primeira confraria de vinhos do Brasil
fundada em 1980


O VINHO DO MÊS: ALBARROBLE CRIANZA 2009

00z3a09iabj3n_375x500

CASTILLA LA MANCHA

Esta extensa região ocupando praticamente toda metade sul do planalto central espanhol elabora praticamente 50% de todo vinho produzido no país. A maior parte dessa produção é comercializada à granel e composta de vinhos de qualidade mediana, embora tenha havido últimamente ingentes esforços no sentido de reverter essa fama. Alguns exemplares já podem ser considerados como testemunhas desse trabalho mostrando grande qualidade. A região está bem delimitada entre as cidades Madrid ao norte, Albacete a leste, Toledo a oeste e Ciudad Real ao sul.

A macro-região apresenta sete DO oficializadas: La Mancha – Almansa – Manchuela – Mentrida – Mondejar – Valdepeñas – Vinos de Madrid. La Mancha ocupando a parte mais central, constitui a maior DO de toda a Espanha e quiçá do mundo com seus 480.000ha de vinhedo, dos quais 160.000ha já devidamente inscritos no sistema como DO. A região é seca e quente com baixíssimos índices de chuva o que de certa forma direciona o cultivo de uvas tintas, mas a ousadia do viticultor manchego está permitindo a elaboração de vinhos brancos graças aos novos métodos de vinificação.

 

ALMANSA

 

 Esta DO com aproximadamente 10.500 hectares, pertence à provincia de Albacete e das macro-regiões de La Mancha é a que mais se aproxima do mar embora ainda com clima continental. Seus vinhedos implantados de 550 a 1.000m do nível do mar produzem vinhos brancos principalmente com a cepa Merseguera e tintos com Monastrell, Garnacha, Garnacha Tintorera (Alicante Bouschet), além de cepas francesas. A região possui um secular castelo conhecido como Castillo de Almansa.

 

BODEGAS SANTA CRUZ DE ALPERA 

Situa-se a 100 km de Alicante e 70km de Albacete numa altitude de 900 a 1100 metros acima do nível do mar. Seu solo é calcário e de pouca profundidade aliado a um clima mais para continental favorece a produção voltada mais para tintos de alta intensidade colorante oriunda de vinhedos oscilando entre 17 23 milhões de quilos de uva principalmente Garnacha Tintorera (Alicante Bouschet) além de Tempranillo e cepas francesas como Syrah, Cabernet Sauvignon, etc. A maioria dos vinhedos é conduzida pelo plantio em pé franco no sistema de “alberello” com mais de 60 anos. A bodega é considerada tecnológicamente moderna com excelentes recursos em equipamentos de vinificação além de mão de obra moderna entre enólogos e viticultores. Dispõe de grande salão para amadurecimento do vinho em barricas de carvalho francés e americano.

 

GARNACHA TINTORERA (ALICANTE BOUSCHET)

Henri Bouschet em 1866 foi quem promoveu o cruzamento de Tintorier Ducher com Aramon, muito comum no sul da França, obtendo como resultado a cepa Petit Bouschet. Mais tarde com o cruzamento da Petit Bouschet com Grenache é que nasceu a já conhecida Alicante Bouschet ou Garnacha Tintorera. Essa uva tem o nome aludindo a “tintureira” em virtude de possuir pigmentos também na polpa como a casca o que confere ao vinho forte força colorífera.

 

ALBARROBLE CRIANZA 2009

Trata-se de um blend de Garnacha Tintorera e Monastrell(Mazuelo ou Mourvèdre) que descansa 12 meses em barricas de carvalho francés e americano. Teor alcoólico de 13,5%.

 

ANÁLISE VISUAL – Intenso vermelho-rubi com reflexos violáceos.

ANÁLISE OLFATIVA – Fruta vermelha e negra madura abundante acompanhada de notas florais enfeitando o conjunto. A madeira está presente em boa dose não roubando a cena e, deixando um rastro de baunilha e agradável balsámico, além de especiaría e leve defumado.

ANÁLISE GUSTATIVA – Estrutura poderosa não agressiva envolvente com taninos marcantes porém finos e gentis. Presença de acidez vibrante acrescentando frescor e vivacidade ao conjunto. Final longo marcado pela fruta envolta em baunilha.

 

AVALIAÇÃO: 90/100

PREÇO: R$ 90,00 – Importador Chaves Oliveira – Telefone: 2155-0871

 

Saúde!

Daniel Pinto – danipin@uol.com.br

PopUpNewsletterSBAVSP

Cadastre o seu e-mail para receber as notícias da SBAV-SP.

Por favor, assinale: