A primeira confraria de vinhos do Brasil
fundada em 1980


Degustação de Ícones Argentinos

Na noite de 30/11/2012, a SBAV-SP reuniu-se no Restaurante North Grill da Vila Nova Conceição para uma degustação de vinhos ícones argentinos provenientes da região de Mendoza. Com atendimento primoroso do pessoal do restaurante, sob o comando do Sr. Costa, foi servido um jantar composto de assado de tira grelhado com palmito pupunha, bife de chorizo acompanhado de batata soufle, e de sobremesa um folhado de doce de leite argentino. O painel foi montando com a intenção de verificarmos a busca por mais elegância que se nota nos ultimos anos entre os produtores argentinos. Foi possível perceber que em alguns casos os produtores tem sido bem sucedidos neste intento, notavelmente com o Cheval des Andes e o Nicolas Catena Zapata.

 Sobre Mendoza

Situada no centro-oeste da Argentina, é a maior região produtora do país, responsável por 70% da produção. Possui cerca de 15.000 hs de vinhedos e 1200 bodegas. A região de caracteriza pela utilização de uma grande variedade de castas que foram introduzidas ao longo do tempo pelas famílias produtoras. Os vinhedos estão situados em altitudes que variam entre 900m e 1300m. Devido as características climáticas e ao baixo índice pluviométrico da região (cerca de 300mm/ano), é comum o uso de irrigação.

Vinhos da Noite

1) Terrazas de los Andes Afincado Las Compuertas 2007

Produtor : Terrazas de los Andes; Região : Lujan de Cuyo; Uvas : Malbec (100%); álcool 14%; Preço : R$ 208,00

O vinhedo Las Compuertas é composto por vinhas antigas, de cerca de 80 anos, a 1067m de altitude. Este vinho passa 18 meses em barricas novas de carvalho francês, e mais 12 meses em garrafa antes de ir para o mercado.

Rubi profundo com reflexos violáceos, aromas intensos com frutas negras maduras (ameixa preta) e notas florais. Em boca é quente e encorpado, ainda jovem, taninos de muito boa qualidade, concentrado e persistente.

2) Trapiche Viña Eleodoro Aciar 2005

Produtor : Trapiche; Região : Lujan de Cuyo; Uvas : Malbec (100%); álcool : 14,5 %; Preço : R$ 420,00

Todos os anos, o diretor de enologia da Trapiche, Daniel Pi, seleciona os melhores lotes de malbec na busca de diversidade e riqueza. Este vinho é proveniente dos melhores vinhedos de malbec, sendo uma homenagem ao viticultor Eleodoro Aciar. Descansa 18 meses em barrica de carvalho

De visual violáceo profundo, aromas intensos, complexidade média com frutas negras e cerejas, nota floral de violetas, baunilha e café. Em boca é encorpado, taninos prontos, boa persistência.

3) Zuccardi Zeta 2009

Produtor : Zuccardi; Região : Lujan de Cuyo; Uvas : Malbec (66%), Cabernet Sauvignon (20%), Tempranillo (14%); álcool : 14,5 %; Preço : R$ 239,00

A vinícola Zuccardi possui 800ha de vinhedos, sendo 35% certificados como orgânicos. Este produtor se destaca por um intenso estudo de áreas experimentais com novas variedades na região, tendo sido o responsável pelo lançamento do primeiro vinho Premium com uma casta não tradicional na Argentina, o Zuccardi Q Tempranillo.

O Zeta 2009 tem cor rubi de profundidade média, boa intensidade aromática com cerejas e ameixas maduras, baunilha e leve chocolate. Em boca mostrou bom equilíbrio, boa acidez e taninos muito finos. Tem potencial para evoluir com alguns anos de garrafa.

4) Trapiche Iscay 2006

Produtor : Trapiche; Região : Lujan de Cuyo; Uvas : Malbec e Merlot; álcool : 14,5 %; Preço : R$ 215,00

A palavra “iscay” na linguagem quechua (incas), significa “dois”, simbolizando a união das duas castas, as duas culturas, européia e inca, e os dois experts que conceberam este vinho, Daniel Pi (enólogo chefe) e Marcelo Belmonte (diretor de viticultura).

De cor violácea profunda, intenso, notas de cereja e pitanga, leve tostado, couro e especiarias. Em boca é encorpado, confirma o exame olfativo, persistente e equilibrado.

5) Cheval des Andes 2006

Produtor : Terrazas de los Andes; Região : Lujan de Cuyo; Uvas : Malbec, Cabernet Sauvignon e Petit Verdot; álcool 14%; Preço : R$ 208,00

Fruto da joit venture entre a Terrazas de los Andes e o Chateau Cheval Blanc, busca a união entre o expertise francês e o terroir de Mendoza.

De cor rubi violácea profunda, aromas intensos com frutas negras, especiarias, madeira integrada. Em boca com boa acidez e taninos finos, alia potência e elegância, com evidentes traços bordaleses. Grande vinho.

6) Nicolas Catena Zapata 2007

Produtor : Catena Zapata; Região : Lujan de Cuyo; Uvas : Cabernet Sauvignon (65%) e Malbec (35%); álcool 14,5%; Preço : R$ 400,00

Produzido com cortes de diferentes vinhedos de diferentes altitudes com vinificação em separado, na safra 2007 é composto por Cabernet Sauvignon proveniente dos vinhedos La Pirámide (940m), Domingo (1130m) e Adrianna (1375m), e por Malbec dos vinhedos Adrianna (1430m) e Altamira (1160m).Passa 26 meses em barricas de carvalho francês novo.

De visual rubi violeta profundo, aromas intensos de frutas negras, especiarias, tostado. Em boca é encorpado e com grande estrutura, boa acidez e taninos de ótima qualidade, notas de chocolate, persistente e elegante.

Eleito o melhor vinho do painel.

PopUpNewsletterSBAVSP

Cadastre o seu e-mail para receber as notícias da SBAV-SP.

Por favor, assinale: