A primeira confraria de vinhos do Brasil
fundada em 1980


Degustação – Cordilheira de Sant’Ana.

Nosso parceiro na degustação do dia 08 de junho foi, mais uma vez, a Alvino. Dessa vez com um produtor da região de Sant’Ana do Livramento, no Rio Grande do Sul – fronteira com o Uruguai, a Vinícola Cordilheira de Sant’Ana.

A região fica localizada no paralelo 31º, o mesmo de regiões produtoras de vinhos no Chile, Argentina, África do Sul e Austrália.


Para a nossa degustação recebemos a enóloga, Rosana Wagner – uma das primeiras mulheres enólogas no Brasil.  Ela nos contou um pouco sobre a história da vinícola e nos guiou na degustação dos vinhos da noite.

– Cordilheira de Santana Reserva Especial Touriga Nacional 2018 – envelhecido 92% em barris de carvalho francês durante 18 meses e cortado com 8% de Tannat. Apresentou aromas florais, com predominância para violeta, frutos silvestres maduros e resinosos.  Ainda muito jovem o vinho se mostrou com taninos intensos e acidez elevada. Com certeza é um vinho que vai melhorar muito depois de um tempo em garrafa, a vinícola sugere uma guarda de até 15 anos.


– Cordilheira de Santana Reserva Especial Tannat 2010 – maturado 80% em barris de carvalho franceses e americanos por 25 meses. Apresentou aromas de geleia de frutas silvestres, chocolate e café torrado. Na boca é macio, equilibrado e ainda apresenta bastante acidez, mesmo sendo um vinho de 11 anos, com certeza ainda aguenta mais um bom tempo em garrafa.

Tim-tim

    Cadastre o seu e-mail para receber as notícias da SBAV-SP.