A primeira confraria de vinhos do Brasil
fundada em 1980


Garnacha…

Nossa degustação de terça-feira, dia 23 de março, teve como tema a uva Garnacha. 

Conversamos sobre suas característica, países produtores, tendências e curiosidade. 

Para exemplificar tudo isso, abrimos dois rótulos de varietais que descrevem bem o que estudamos sobre ela. 

Os vinhos foram: 

– Ganadero Garnacha 2018: Apresentou bastante álcool, num primeiro instante, com tempo em taça, aromas intensos de cereja madura, calda de morango e um toque de pimenta preta.Na boca, médio corpo, com boa acidez, taninos leves e bastante álcool.

– Castillo de Belarfonso Garnacha 2016: Apresentou aromas muito intensos de frutas vermelhas – framboesa e morangos e muita pimenta preta. Na boca, médio corpo, boa acidez e taninos muito finos e de pouca intensidade, as frutas vermelhas e a pimenta também apareceram.
– Castillo de Belarfonso Garnacha 2016: Apresentou aromas muito intensos de frutas vermelhas – framboesa e morangos e muita pimenta preta. Na boca, médio corpo, boa acidez e taninos muito finos e de pouca intensidade, as frutas vermelhas e a pimenta também apareceram.

Tim-tim!

    Cadastre o seu e-mail para receber as notícias da SBAV-SP.